Publicidade
WebCariri Gospel | Bíblia Gay é lançada no Brasil
/ Brasil / Bíblia Gay é lançada no Brasil
Imprimir Notícia

Tamanho da letra

19/06/2017 ?s 20:33 por Brasil
Bíblia Gay é lançada no Brasil
Sociedade Bíblica Brasileira nega ter cedido texto para versão pró-LGBT; Nova versão usa `termos neutros´ para Deus
créditos: Gospel Prime

Em 2012, foi divulgado que estava sendo lançada nos Estados Unidos a primeira ?Bíblia Gay?. Chamada de ?Bíblia Rainha James?, fazia uma provocação à versão mais conhecida da língua Inglesa, chamada de ?rei James? por ter sido autorizada por esse monarca.

Segundo o grupo responsável pela sua edição, ?A Bíblia Rainha James resolve quaisquer interpretações homofóbicas da Bíblia, mesmo assim sabemos que a Bíblia ainda está cheia de contradições?.

O website que promoveu a publicação dessa versão explicou: ?Não há Bíblia perfeita. Esta também não é. Nós queríamos fazer um livro cheio da palavra de Deus, que ninguém poderia usar para condenar incorretamente os filhos de Deus que nasceram LGBT, e conseguimos. ?

Seus autores fazem várias ponderações sobre as dificuldades de tradução de termos como ?sodomita? e ?abominação?. Afirmam ainda que a palavra ?homossexual? não foi colocada no livro sagrado até 1946 e que esse termo não existe em nenhum verso dos manuscritos originais. Essa nova versão é supostamente ?mais pura?.

Segundo a Revista Veja, em 2015 chega ao Brasil a primeira edição ?inclusiva?. O diferencial são os comentários bíblicos pró-LGBT. A iniciativa é do ?pastor? Marvel Souza, responsável pela igreja inclusiva ?Cidade de Refúgio? no Distrito Federal, Marvel está ligado ao ministério da missionária ex-ex-gay Lanna Holder.

Marvel Souza , idealizador da "Bíblia graça sobre graça".
Marvel Souza , idealizador da ?Bíblia graça sobre graça?.

A iniciativa do pastor Marvel é inédita. Na obra, o pastor afirma que trará uma nova visão das Escrituras ? ou seja, gay. ?Teremos um olhar especial para os homoafetivos, mas também para negros e toda sorte de excluídos?, explica. Com o nome de ?Bíblia Graça sobre Graça?, deverá estar nas livrarias de todo país a partir do mês que vem.


Feminista lança ?versão inclusiva? da Bíblia, que usa ?termos neutros? para Deus


Ativista defende nova versão, alegando ser ?acessível a todos?


A questão de como melhor traduzir termos bíblicos do original em hebraico e grego divide especialistas há séculos. Contudo, versões das Escrituras que mudam substancialmente seus ensinamentos são geralmente tratadas como ?heréticas?, como é o caso da Tradução do Novo Mundo, usada pelas Testemunhas de Jeová.

Agora, uma ativista lésbica anunciou o lançamento de um aplicativo da Bíblia que se refere a Deus somente em ?termos neutros?, num esforço para torna-la ?acessível? para aqueles que se sentem ?marginalizados? pelos cristãos, particularmente a comunidade LGBT.

Este é o discurso de Crystal Cheatham, idealizadora do aplicativo Our Bible [Nossa Bíblia]. Ela foi criada em uma Igreja Adventista do Sétimo Dia, mas entrou em ?crise de fé? quando ouviu de seus líderes que o cristianismo e a homossexualidade não eram compatíveis.

Na página de financiamento coletivo onde explica suas propostas, ela justifica que deseja fazer com que a Bíblia seja ?acessível a todos?.

?No seu núcleo, o texto sagrado foi escrito para incluir toda a criação de Deus, especialmente aqueles que são marginalizados. O nosso aplicativo incluirá traduções que se referem a Deus em termos neutros de gênero e oferece uma biblioteca de devocionais progressivos, além de outros recursos?.

Cheatham, que afirma ser uma ativista gay e feminista, reclama: ?Eu não conseguia encontrar nenhum livro de devocionais que me representasse. Criei o nosso aplicativo da Bíblia porque todos merecem ser nutridos espiritualmente?.

Segundo ela, além da versão bíblica ?inclusiva?, há mais de 300 devocionais e também artigos especiais, podcasts e textos de meditação para usuários. A previsão de lançamento nos EUA é para o final de junho, mas o preço do aplicativo não foi divulgado.

?Há tantos cristãos lá fora que querem aceitar as pessoas LGBT, mas não sabem como e por que se não receberam as informações?, disse Cheatham no vídeo que gravou para divulgação de seu projeto.

Esta não é a primeira vez que a Bíblia foi modificada de alguma maneira para ?incluir? a comunidade gay.

Conforme amplamente divulgado, desde a década de 1970 existem movimentos que procuram criar igrejas onde a homossexualidade é vista como normal, as chamadas inclusivas.

Já existem algumas versões que preferem trocar o nome de Deus por ?divindade?, que seria ?neutro?. Nelas, termos como ?Senhor?, ?Pai?, ?Filho? e termos masculinos para se referir a Deus são evitados ou substituídos por outros como ?Força divina?, ?Pai/Mãe?.

Algumas delas também reescrevem os trechos bíblicos onde a prática homossexual é condenada.



Espalhe por aí


Comentários
Deixe seu comentário

Versículo do Dia



Faça uma doação!

Doe uma oferta voluntária para WebCariri Gospel.